terça-feira, setembro 18, 2007

SE...





Se eu fosse um SE
…ou…
Serei um SE?
Já não sei SE...
SE acontecer
SE amanhecer
SE anoitecer
SE tiver coragem
SE houver outra margem
SE desejar
SE amar
SE .....e só SE

SE… SE… SE...
SE ainda TIVER tempo
SE souber deixar o SE
SE…quem sabe SE


…VIVEREI?!


…SE…


belakbrilha

13 comentários:

MARTA disse...

Claro que sim - estás a fazer a pergunta e vais tentar encontrar a resposta...
Se......e encontraremos a coragem para tudo..................
Ou tentar....
Beijos e abraços
Marta

poetaeusou . . . disse...

*
só viverei . . . SE . . .
*
xi
*

eu.osiris disse...

A dúvida constitui, mais do que um conceito, todo um vasto tema na reflexão filosófica,pelo que importa distinguir entre as variantes da sua determinação nocional e correlação com outros conceitos, e as teorias, métodos e procedimentos que de algum modo a sistematizam.

Do latim dubhos, assumindo a acepção de «dois» ou «em dois», o conceito de dúvida não se deve tanto considerar determinado justamente pela positiva, quanto, como outras noções que exprimem margens residuais e redutoras do conhecimento, pela negativa. O «espanto», a «ilusão», o «erro» e a «ignorância» constituem, entre outras atitudes,noções que exemplificam essa correlação negativa da dúvida face ao conhecimento. Porém, ao contrário dessa experiência do limite problemático, enigmático ou até misterioso que exprime o saber que se não sabe, a dúvida questiona também o não saber que se sabe e tem directa relação com o saber hipotético. A noção de dúvida oscila entre a experiência sincera da crise do conhecimento como expressão, logo crítica, de um discernimento a fazer. A dúvida pode caracterizar-se como a atitude mental suspensiva do valor da verdade ou da certeza de um conhecimento, tendo, nesta acepção, um eminente papel crítico face à crença, à opinião, suscitando argumentos e provas até ao indubitável, ou apodíctico, no termo da qual a própria dúvida será superada, desvelando a verdade.

(in WIKIPEDIA)

Conciencia Personal disse...

saludos mexicanos

pin gente disse...

todos temos se's...
deixa-os para trás.
beijinho

kakauzinha disse...

Muitos "se's" nos invadem e mesmo que pensemos que não encontramos a resposta... uma dia acabamos por saber.

Um beijinho, um sorriso*****:)))))

amigona avó e a neta princesa disse...

se o amor chegar...beijo...

cm disse...

SE e um abraço

josef disse...

Ya casi no recordaba lo bello que es este blog y las bonitas poesías que lo acompañan. Un saludo español!

Peter disse...

Fazes-me lembrar o célebre poema IF:
(...)
If you can fill the unforgiving minute
With sixty seconds' worth of distance run,
Yours is the Earth and everything that's in it,
And--which is more--you'll be a Man, my son!
(Rudyard Kipling)

Mas tu não és um "SE", és uma "certeza".

Andreia do Flautim disse...

Seque em frente e não penses só no "se"!

Nanny disse...

Sei lá... se calhar!

:D

suruka disse...

pois " SE " ???

bj