domingo, dezembro 03, 2006

o NATAL que eu sinto...


Aproxima-se o Natal
Tempo de esperança, solidariedade

Renascimento do amor, lealdade
Festa da família, da PAZ…

Será assim o Natal?
O homem surpreende-me com o que faz
Em vez de esperança
Encontro desesperança
Em vez de solidariedade
Encontro maldade
Em vez de abrigo
Encontro desabrigo
De gente perdida, de olhar vazio

Pedindo auxílio num silêncio a fio
Ali bem perto alguém tem fome
Ninguém olha, ninguém sente
Os rostos marcados daquela gente

De miséria, lágrimas e solidão
De olhar perdido na escuridão
Por terem nascido…perdem perdão

Será assim o Natal???
É ESTE que me faz mal…


belakbrilha

2 comentários:

Psy disse...

Amiga!
Obrigada pela compania...

Psy disse...

Amiga!
Obrigada pela compania...

Eu li:
Este é um "cantinho" que eu por vezes preciso de estar...
Me acalma, me dá PAZ...
Me alivia de alguma forma!!!

Palavras...mais??... não precisa!!

Um grande beijinho
Mas, sem querer, cliquei no "recusar". por favor, poste o comentário novamente.