domingo, dezembro 17, 2006

dança da água


Bellagio Fountains 1

Quando preciso de estar comigo
E com os “comigos” de mim própria
É esta música que me acalma
Que me reforça a alma
Que me chama à razão
Pensando menos com o coração.

Conheces sim meu amigo!
É lindo…"chamei" a noite
Para que o “conjunto” possa brilhar
Nos faça sorrir e enxergar…
Quem sabe?!...pirilampos a piscarem...
Passeios ao luar …
Brilho das estrelas a encantarem …
Troca de olhares, a falarem...
Sonhos, no profundo azul do mar..

PIM!!!!...Vamos acordar?
RECORDAR
Também é SONHAR!!!!


belakbrilha

7 comentários:

MARTA disse...

Obrigada pela visita.
Gostei da música e das palavras encantadoras que dançam à sua volta.
Obrigada - volta sempre.
Beijos e abraços
Marta

Luis Enrique disse...

Lindo blog e linda apresentação tem vc aquì querida amiga.
Fico-lhe muito grato pela sua simpatica visita ao meu cantinho.

obrigado.

Anónimo disse...

É verdade. Os pirilampos ficavam muito bem naquele cenário, assim como as estrelas, um sorriso, um abraço ... e a emoção de partilhar essa beleza.
E também é verdade que o sonho faz parte da vida.

Anónimo disse...

Na dança da água numa leveza ondulada de energia vibrante a minha alma está cheia de alegria...

Simplesmente porque todos nós necessitamos de um abraço de quando em vez, deixo um abraço do fundo da minha alma para ti.

Se quiseres no blog http://lumenorigine.blogspot.com/ podes visualizar os vídeos Os Abraços são Grátis.

PiresF disse...

Muito bonito o poema.

Abraço.

sonito disse...

Rui Veloso - Primeiro Beijo
Recebi o teu bilhete
Para ir ter ao jardim
A tua caixa de segredos
Queres abri-la para mim

E tu não vais fraquejar
Ninguém vai saber de nada
Juro não me vou gabar
A minha boca é sagrada

De estar mesmo atrás de ti
Ver-te da minha carteira
Sei de cor o teu cabelo
Sei o shampoo a que cheira

Já não como já não durmo
E eu caia se te minto
Haverá gente informada
Se é amor isto que sinto

Refrão:
Quero o meu primeiro beijo
Não quero ficar impune
E dizer-te cara a cara
Muito mais é o que nos une
Que aquilo que nos separa

Promete lá outro encontro
Foi tão fugaz que nem deu
Para ver como era o fogo
Que a tua boca prometeu

Pensava que a tua lingua
Sabia a flor do jasmim
Sabe a chiclete de mentol
E eu gosto dela assim

belakbrilha disse...

A todos o meu OBRIGADA!

Voltem sempre, serão sempre bem vindos!

Feliz NATAL...melhor 2007!!!

bjs e um xi bem "petadinho"