quarta-feira, outubro 17, 2007

poema...


Fiz um poema de pernas para o ar
Queria uma nuvem para voar
Pintei um quadro para sentir a cor
Ouvi uma música a pensar no AMOR
Corri contra o vento para me sentir
Cheirei o perfume do meu porvir
Ri com vontade quando para mim olhei
Queria ABRAÇAR a quem sempre amei
Chorei uma lágrima quando recordei
O que fui, o que sou e sempre serei
Perdoei erros e fui perdoada
Por orgulho, rejeitei e fui rejeitada
Já dei colinho para proteger
De tudo, de nada, para VIVER
No compasso da Vida com determinação
Vencer…ser GENTE com paixão
Mesmo que seja numa suave ILUSÃO…
#########
belakbrilha

25 comentários:

MARTA disse...

Não foi escrito de pernas para o ar...
Pés bem assentes no carinho, na paixão pela vida, pelos outros...
Gostei...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Menina do Rio disse...

Gostei do título; Poema...A vida é uma dança e nunca podemos perder o compasso.

Obrigada pelo teu carinho

Betty Branco Martins disse...

Querida Belakbrilha

__________mesmo ilusão______tudo o que seja!!!_____________vale_______ser VIVIDO!

Adorei o teu poema de "pernas para o ar"

Beijinhos com carinho

Amaral disse...

Fizeste um poema e saiu um encanto!
Porque gostei, li e reli!
Um poema tem muito lá dentro, não apenas palavras soltas ou versos rimados...
Este é daqueles de que se gosta!!!

Peter disse...

É isso:

«Mesmo que seja numa suave ILUSÃO…»

Papoila disse...

muito bonito este poema que não foi feito de pernas para o ar mas sim com o sentir do teu coração.

Beijos
BF

*@rclight* disse...

mesmo de pernas pró ar
estabeleces uma rota por seguir
é a ela k deves ser fiel
pois é este caminho k t deve compensar por tudo o k foi vivido
pk a ilusão é o próprio destino k nós criamos
lindo momento*
beijo;)

O Profeta disse...

Tu assentas muito bem os teus sentimentos, conheces a cor do teu horizonte...


Doce beijo

Betty Branco Martins disse...

_____________passei para deixar

beijinhos com muito carinho
MEU PAI SAIU

Um Momento disse...

Belo poema acabei de ler
De pernas para o ar não me importei de saber
Belo o teu pensar
O teu sentir de dar e receber

Dia muito lindo desejo
Beijo Grande:o))

(*)

Aspásia disse...

OLÁ BELA!

SEGUI TEU RASTO BRILHANTE
E CHEGUEI ATÉ AQUI...,
UM POEMA EMOCIONANTE
LOGO A ACOLHER-ME, LI!

NUMA FASE DE POUCO TEMPO P A NET, TENTAREI VOLTAR DE QDO EM VEZ!

BEIJINHO REFLECTOR :)

*@rclight* disse...

;)

Vieira Calado disse...

São saudáveis ilusões.
Um abraço

Pepe Luigi disse...

Da tua mão saíu um encanto de Poema!
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
O que fui, o que sou e sempre serei
*
xi
*

MARTA disse...

Olá, ainda bem que me encontraste...
Hoje estou com vontade de dançar...
Não queres passar por lá???
Beijos e abraços
Marta

Tatá disse...

"...Corri contra o vento para me sentir..."
Faço isso sempre; agora descobri que faço isso para me sentir mesmo.
Fiquei encantada com tão doces palavras. Belíssimo poema.
Lindíssimo blog.

Beijos

Sol da meia noite disse...

Gostei da tua visita ao meu Sol e aqui adorei o teu poema.
É sempre muito o que queremos... menos o que conseguimos.
Mas importa é querer!

*

Isabel-F. disse...

um lindo poema
parabéns
gostei muito
_________________

obrigada pela tua visita e comentário deixado
espero que tenhas gostado e que voltes mais vezes

__________

bjs

Maria disse...

Apenas o último verso foi feito de pernas para o ar...
Gostei.

Beijo

Alexandre disse...

«Vencer…ser GENTE com paixão
Mesmo que seja numa suave ILUSÃO…»

Sim, concordo contigo! Nesta vida é fundamental fazer as coisas com paixão, seja em relação a outras pessoas ou a projectos... mesmo que tudo venha a descambar numa pura ilusão... mas ficou a intenção e por vezes isso é que conta!

Muitos beijinhos!!!

Um Momento disse...

Passei para te desejar um lindo fim de semana

Beijo... em Ti

(*)

Luso: Prós e Contras disse...

SE TE EXTRAÑA EN BLOG LUSO
BESITOS

Freyja disse...

gracias por tu apoyo en Blog Luso
y tus saludos
la verdad que han sucedido muchas cosas pero Blog Luso va a seguir luchando
un abrazo muy grande y que estes muy bien
besitos

suruka disse...

Olá bela k brilha

Poema lindo este.

" De pernas para o ar"

Gostei muito.

bjs