quarta-feira, outubro 29, 2008

às vezes...



Existem ESPAÇOS...
que não tem espaço
Tão grandes são as lembranças
Que se tornam vazios
Presas ...por fios
Com vida
Sem vida

Ficam os ESPAÇOS!!!

Diferentes, com outra VIDA!

belakbrilha

12 comentários:

f@ disse...

Relativo á elasticidade dos fios...

Beijinhos das nuvens

Peter disse...

Tristonho. Espaços por prencher?

leonor costa disse...

Triste mas bonito.

HOJE E AMANHÃ

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga Pequeno, mas grande no seu significado o teu poema... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Marta disse...

Mas esses espaços podem sempre ser preenchidos....
À primeira vista parece-nos que não...
Mas devagarinho....
Beijos e abraços
Marta

Nilson Barcelli disse...

Quanto maior é o espaço maior pode ser o vazio...
Beijinhos.

Pierrot disse...

Existem pequenos espaços onde cabe um mundo!
Bjos daqui
Pierrot

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga, Gostei, apesar de triste, Beijinhos,
Fernandinha

Betty Branco Martins disse...

.querida_______Bela




são de facto tristes






os


espaços vazios


_________...________









beijO___C____carinhO

Betty Branco Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo T Pires disse...

há espaços de vago que nunca estão vazios, e outros ocupados mas que contêm o vácuo...
beijo
ptp

Nilson Barcelli disse...

Hibernaste ou desististe de brilhar?
Ou caíste no vazio...?
Beijinhos.